PROCURAR  
Hoje é 18 Out 2018, 07:37

Todos os Horários estão como UTC - 3 horas [ DST ]




Criar novo tópico Este tópico está trancado, você não pode editar mensagens ou enviar respostas.  [ 68 Mensagens ]  Ir para a página Anterior  1, 2, 3, 4
Autor Mensagem
 Assunto do Tópico: Re: [Ato I] Malgath e Melissa
MensagemEnviado: 05 Set 2014, 20:32 
Dragão Cobre
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
16 Fev 2003, 15:23

Mensagens:
2651

Localização:
Belo Horizonte - MG
- Vou querer dois peixes com milho, por favor - Melissa vira-se para seu companheiro e diz murmurando - Mal, faz tempo que não comemos, e não sabemos o que nos espera. Além disso, talvez consigamos alguma informação com esta senhora.

Após pagar a refeição (off: dois cobres) e dar uma gorjeta para a atendente (off: mais dois cobres), Melissa lhe pergunta:

- Você saberia me dizer o que estes homens queriam ao deixar esta carta? Eu tive a impressão de que alguma coisa estranha estava acontecendo aqui e o olhar do pantaneiro me deixou um pouco intrigada. O que você pode me contar?

Diplomacia: D20 + 10
Roll(1d20)+10:
10,+10
Total:20


Em relação à carta que ficou na mesa:
Conhecimento (Vaggio): D20 + 8
Roll(1d20)+8:
9,+8
Total:17

_________________
"Deixa lá dizer Pascal que o homem é um caniço pensante. Não; é uma errata pensante, isso sim. Cada estação da vida é uma edição que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes."
- Memórias Póstumas de Brás Cubas


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato I] Malgath e Melissa
MensagemEnviado: 07 Set 2014, 21:07 
Mefistófeles, Lorde do Oitavo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
03 Fev 2003, 17:34

Mensagens:
5486

Localização:
Nova Prata - RS
Malgath exibe uma feição derrotada, mas satisfeita. Ele não dormira o suficiente, e sequer comera desde que saiu da sua rede. Viajar de estômago vazio por um pântano era uma péssima ideia.

Apesar de deixar a bainha das suas espadas voltada para dentro (o mais afastada de um corredor ou algo parecido possível), o meio-elfo aproveita para relaxar. E coçar um pouco sua orelha esquerda por debaixo de sua bandana.

_________________
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

"A única maneira de não cometer nenhum erro é não fazer nada. Este, no entanto, é certamente um dos maiores erros que se poderia cometer em toda uma existência."

"Não são as más ervas que sufocam o grão. É a negligência do cultivador."

- Confúcio


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato I] Malgath e Melissa
MensagemEnviado: 09 Set 2014, 16:05 
Alhoon
Offline

Data de registro:
15 Out 2002, 00:22

Mensagens:
2322
Visivelmente satisfeita com sua gorjeta, a matrona sorri revelando uma boca parcialmente desdentada.

"Ixi, minha seinhora, esses aí véim i vãu. Quasi toda semana apareceim com uns cuelho, umas peli di bicudo. Vendem por aqui mesmu i bebem tudo. Devem de ter esquecidu isso aí. Ou às vezi queriam implicar com o sinhor", ela diz olhando cordialmente para Malgath.

"Zingari ou bixu du brejo, ocê num podi di viver tão longi da Fé. Ocês diviam de procurar reverendu Browntook pruma benção, ele é zingari tambéim, mas viu a luz. Tenhu certeza di que ele vai tirar qualquer mau olhadu qui tenham jogado nocês", emenda antes de se retirar para o interior do pequeno bar de madeira. Por fora, era possível observar que o estabelecimento consistia em um único cômodo com um caldeirão e garrafas de bebida empilhadas contra uma parede. Em um canto, um lençol encardido dividia o ambiente, provavelmente para resguardar os poucos bens pessoais que aquela estalageira deveria possuir.

off - Fring, Melissa sabe que o Algoz é o equivalente à Morte. Significa, obviamente, um mau presságio, mas em sua posição invertida também representa a chance de recomeço.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato I] Malgath e Melissa
MensagemEnviado: 10 Set 2014, 00:53 
Mefistófeles, Lorde do Oitavo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
03 Fev 2003, 17:34

Mensagens:
5486

Localização:
Nova Prata - RS
Com a menção de um padre, Malgath aparenta estar visivelmente incomodado, o que o faz reclamar para sua parceira.

[Malgath] Olha só, que fique claro que eu já tô de saco cheio de fé e de padre e trá-li-lá. Já temos que ir atrás de um "véio" misterioso, você deve saber transformar os outros em sapo, alguém invade a minha cabeça no fim da madrugada...

Ele planejava continuar, mas simplesmente decidiu repousar. Tentando achar uma posição confortável enquanto sentado, o meio-elfo fecha seus olhos até que a comida venha, ainda prestando (ou tentando prestar) atenção em Melissa.

_________________
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

"A única maneira de não cometer nenhum erro é não fazer nada. Este, no entanto, é certamente um dos maiores erros que se poderia cometer em toda uma existência."

"Não são as más ervas que sufocam o grão. É a negligência do cultivador."

- Confúcio


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato I] Malgath e Melissa
MensagemEnviado: 10 Set 2014, 17:14 
Dragão Cobre
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
16 Fev 2003, 15:23

Mensagens:
2651

Localização:
Belo Horizonte - MG
Melissa solta uma pequena risada e sorri de soslaio. Malgath parecia ser como ela: embora não gostasse da Igreja, tinha sua própria espiritualidade - mesmo quando ela envolvesse convicções contrárias às defendidas pelos diversos religiosos corruptos e gatunos que andavam por aí. Mas esse tipo de opinião ela preferia não exprimir abertamente.

- É Mal, também não estou muito a fim de parar nas mãos de um padre não. Não sei quem é que está querendo nos colocar na fogueira - disse, pensativa, a espiã - Daqui a pouco nossa comida sai e podemos seguir nosso rumo. Agora... que história é essa de invadirem sua cabeça no fim da madrugada? Eu perdi alguma coisa importante nessa história?

Melissa espera despretensiosamente, consciente que seu companheiro só quer descansar. Se não conseguir tirar uma resposta dele agora, depois ela se preocupa com o assunto.

_________________
"Deixa lá dizer Pascal que o homem é um caniço pensante. Não; é uma errata pensante, isso sim. Cada estação da vida é uma edição que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes."
- Memórias Póstumas de Brás Cubas


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato I] Malgath e Melissa
MensagemEnviado: 10 Set 2014, 19:05 
Mefistófeles, Lorde do Oitavo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
03 Fev 2003, 17:34

Mensagens:
5486

Localização:
Nova Prata - RS
Sem nem abrir os olhos, o meio-elfo responde Melissa.

[Malgath] Nem sei. Numa hora tava de guarda, de madrugada, daí achei que tinha visto algo passar pela frente da lua. Daí tava sonhando que ficava no meio de um monte de gente morta com a lâmina do meu florete ensanguentado. Daí uma mulher de repente tava conversando comigo num sonho bem louco num tal de Limbo, me dizendo pra ir pro Mateiro. Daí cabô sonho e eu acordei de manhã cedo.

_________________
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

"A única maneira de não cometer nenhum erro é não fazer nada. Este, no entanto, é certamente um dos maiores erros que se poderia cometer em toda uma existência."

"Não são as más ervas que sufocam o grão. É a negligência do cultivador."

- Confúcio


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato I] Malgath e Melissa
MensagemEnviado: 10 Set 2014, 22:11 
Dragão Cobre
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
16 Fev 2003, 15:23

Mensagens:
2651

Localização:
Belo Horizonte - MG
- Que interessante... talvez você tenha algum poder de clarividência desconhecido; ou até mesmo a conexão com algum espírito misterioso. Quem sabe a gente ainda descobre o que aconteceu.

Melissa parecia compenetrada, tentando entender o que se passara com Malgath. De qualquer maneira, ela sabia que não tinha muito o que fazer, senão esperar pela comida.

_________________
"Deixa lá dizer Pascal que o homem é um caniço pensante. Não; é uma errata pensante, isso sim. Cada estação da vida é uma edição que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes."
- Memórias Póstumas de Brás Cubas


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato I] Malgath e Melissa
MensagemEnviado: 11 Set 2014, 00:24 
Mefistófeles, Lorde do Oitavo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
03 Fev 2003, 17:34

Mensagens:
5486

Localização:
Nova Prata - RS
A face de Malgath se distorce por um momento numa clara expressão de "até parece", e então volta para seu estado sereno de sono e cansaço.

[Malgath] Nem a pau. Aposto que era só muito sono com alguém invadindo minha cabeça. Se bem que falando assim também parece meio... quer dizer, tão difícil de acreditar quanto, né, um velho do pântano saber quem eu sou ou uma Dama dos Sonhos.

_________________
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

"A única maneira de não cometer nenhum erro é não fazer nada. Este, no entanto, é certamente um dos maiores erros que se poderia cometer em toda uma existência."

"Não são as más ervas que sufocam o grão. É a negligência do cultivador."

- Confúcio


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Organizar por  
Criar novo tópico Este tópico está trancado, você não pode editar mensagens ou enviar respostas.  [ 68 Mensagens ]  Ir para a página Anterior  1, 2, 3, 4

Todos os Horários estão como UTC - 3 horas [ DST ]


Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante


Você não pode criar novos tópicos neste fórum
Você não pode responder tópicos neste fórum
Você não pode editar suas mensagens neste fórum
Você não pode excluir suas mensagens neste fórum
Você não pode enviar anexos neste fórum

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group
Traduzido por phpBB Brasil