PROCURAR  
Hoje é 24 Out 2018, 02:39

Todos os Horários estão como UTC - 3 horas [ DST ]




Criar novo tópico Este tópico está trancado, você não pode editar mensagens ou enviar respostas.  [ 41 Mensagens ]  Ir para a página Anterior  1, 2, 3  Próximo
Autor Mensagem
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 25 Set 2014, 08:58 
Dragão Cobre
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
16 Fev 2003, 15:23

Mensagens:
2651

Localização:
Belo Horizonte - MG
- Velho Medula? - Melissa, deixando um pouco de lado todo o cuidado com que agira até o momento, olha para seu companheiro e sussurra - Eu me lembro dos meninos falando que era esse velho que estava nos procurando. Será que tudo isso é uma coincidência?

_________________
"Deixa lá dizer Pascal que o homem é um caniço pensante. Não; é uma errata pensante, isso sim. Cada estação da vida é uma edição que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes."
- Memórias Póstumas de Brás Cubas


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 25 Set 2014, 10:19 
Guerreiro Orc
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
25 Jul 2012, 18:51

Mensagens:
345

Localização:
Brasília/DF
[off] Eu ouvi isso? [/off]


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 25 Set 2014, 11:41 
Alhoon
Offline

Data de registro:
15 Out 2002, 00:22

Mensagens:
2322
off - Saph e Neal, me deem um listen.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 25 Set 2014, 12:28 
Guerreiro Orc
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
25 Jul 2012, 18:51

Mensagens:
345

Localização:
Brasília/DF
[off]
Listen/Ouvir
1d20+2 → [18,2] = (20)
http://invisiblecastle.com/roller/search/1494836
[/off]


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 25 Set 2014, 12:35 
Mefistófeles, Lorde do Oitavo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
03 Fev 2003, 17:34

Mensagens:
5486

Localização:
Nova Prata - RS
Sem retirar os olhos dos dois estranhos, Malgath sussurra uma resposta.

[Malgath] Nenhuma entidade me falou sobre isso. Você é daqueles que acredita em coincidências?

_________________
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

"A única maneira de não cometer nenhum erro é não fazer nada. Este, no entanto, é certamente um dos maiores erros que se poderia cometer em toda uma existência."

"Não são as más ervas que sufocam o grão. É a negligência do cultivador."

- Confúcio


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 25 Set 2014, 23:48 
Baalzebul, Lorde do Sétimo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
04 Dez 2002, 01:19

Mensagens:
5291

Localização:
S.Roque - SP

Listen check Roll(1d20)+7:20,+7 Total:27

eu ouço seus pensamentos....

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 26 Set 2014, 11:18 
Alhoon
Offline

Data de registro:
15 Out 2002, 00:22

Mensagens:
2322
off - Ok. O Saph percebe os cochichos, mas o Sven consegue discernir o que eles falam.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 26 Set 2014, 12:10 
Guerreiro Orc
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
25 Jul 2012, 18:51

Mensagens:
345

Localização:
Brasília/DF
[off] acho razoável o padre inferir que são eles os alvos né? batem com a descrição das crianças e se alvoroçaram todo ao ouvir o nome do velho... vou partir daí. Se achar que eu exagerei, me avisa que eu edito o texto [/off]

Ao ver a reação dos dois ao nome do velho Medula, o padre deixa a dissimulação ir por terra, e parte para uma abordagem direta e honesta. Olhando para seu prato de comida, fala alto: "pode embainhá sua espada Malgath, posso garanti que naum vamo tê pobrema..." levantando a cabeça para a mulher
"pelo visto, ocês já sabem que o véio Medula anda puxando suas cordinhas..." com um sorriso seco, se vira ao mateiro e completa: "e as nossa"
Levando uma colherada de comida à boca, termina falando de boca cheia: "e ele ..." [mastigada] "...mandô nóis..." [mastigada] "...guiá ôceis..." [engole a comida] "...até ele." O padre comia olhando para o prato em uma postura absolutamente inofensiva.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 26 Set 2014, 13:21 
Mefistófeles, Lorde do Oitavo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
03 Fev 2003, 17:34

Mensagens:
5486

Localização:
Nova Prata - RS
A paranoia de Malgath o deixa ainda mais irritadiço quando o tal padre menciona saber seu nome. A casualidade não ajuda no caso, e faz o meio-elfo apenas se levantar, uma das mãos claramente segurando a bainha de seu florete.

Ele não diz mais nada.

_________________
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

"A única maneira de não cometer nenhum erro é não fazer nada. Este, no entanto, é certamente um dos maiores erros que se poderia cometer em toda uma existência."

"Não são as más ervas que sufocam o grão. É a negligência do cultivador."

- Confúcio


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 26 Set 2014, 13:26 
Dragão Cobre
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
16 Fev 2003, 15:23

Mensagens:
2651

Localização:
Belo Horizonte - MG
Melissa pergunta cuidadosa:

- E por que este velho mandaria vocês dois para nos guiar até ele, se algumas crianças, a seu mando, acabaram de nos mostrar o caminho para encontrá-lo?

_________________
"Deixa lá dizer Pascal que o homem é um caniço pensante. Não; é uma errata pensante, isso sim. Cada estação da vida é uma edição que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes."
- Memórias Póstumas de Brás Cubas


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 27 Set 2014, 01:01 
Baalzebul, Lorde do Sétimo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
04 Dez 2002, 01:19

Mensagens:
5291

Localização:
S.Roque - SP
Sven olha para o jovem que havia acabado de se levantar obviamente incomodado com a história, e pior, com uma mão na bainha.

Vendo que o sangue do padre poderia ser o acompanhamento daquele milho seco o mateiro ergue os olhos até encontrar os de Malgath e diz:

- "Fica calmo, ninguém aqui quer tirar as armas da bainha, acredite em mim.

Seus olhos se movem lentamente até encontrar os de Melissa e diz:

- "Eu não tenho ideia por que aquele velho mandou aqueles pirralhos ajudarem vocês. - e esboçando um sorriso com o canto da boca completa - "Mas apontar o caminho do pântano esta longe de ser alguma ajuda, é mais fácil vocês atolarem até o peito em algum buraco de lama ou serem picados por uma cobra d'água do que acharem aquele velho maluco.

Sven se ajeita na cadeira, apoiando as mãos nos joelhos e diz:

- "Não ache que estou muito mais feliz do que você, tenho mais coisa para fazer. Então se vocês puderam vir com a gente para encontrar logo esse velho vai ser um favor."

Sven termina de falar e aguarda uma resposta tanto de Malgath quanto de Melissa, porem, enquanto espera seus olhos ficam entre a bainha do florete de Malgath e o rosto do próprio Malgath.

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 27 Set 2014, 05:23 
Mefistófeles, Lorde do Oitavo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
03 Fev 2003, 17:34

Mensagens:
5486

Localização:
Nova Prata - RS
Malgath permanece tenso, sem saber como proceder. Seus instintos dizem para deixar Melissa resolver tudo. Sua paranoia deixa sua mão na bainha ainda mais firme.

Sem tirar os olhos do portador do arco, o meio-elfo permite que Melissa continue, pensando apenas no quão rápido teria que ser para tirá-lo de combate antes de disparar uma flecha.

_________________
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

"A única maneira de não cometer nenhum erro é não fazer nada. Este, no entanto, é certamente um dos maiores erros que se poderia cometer em toda uma existência."

"Não são as más ervas que sufocam o grão. É a negligência do cultivador."

- Confúcio


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 29 Set 2014, 14:08 
Dragão Cobre
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
16 Fev 2003, 15:23

Mensagens:
2651

Localização:
Belo Horizonte - MG
Melissa entende a delicadeza da situação e sabe que o melhor é sair daqui sem qualquer derramamento de sangue. Já achavam que ela tinha matado seu próprio amo; ela não queria receber a culpa de mais nenhum crime. Pelo menos por enquanto.

Se era verdade que a situação parecia muito estranha, a jovem espiã não podia deixar de notar como a reação do padre e do mateiro pareciam genuínas. Afinal de contas, se eles estivessem atrás dela em decorrência dos acontecimentos de Vaggio, não era assim que eles a tratariam. Ninguém se aproximava tão amigavelmente de sua caça, ainda mais se acreditasse que essa caça era perigosa.

Depois de pensar tudo isso, ela resolveu dar uma chance para os dois.

- Tudo bem. - disse Melissa relaxada, passando a mão em seu cabelo para esvair a tensão ao seu redor - Parece que esse velho quer mesmo nos encontrar então. O que vocês têm para me dizer sobre ele e sobre seus motivos? Que eu saiba, o velho Medula nada mais é do que um folclore de Vaggio... mas de repente ele parece mandar metade da cidade atrás de mim. O que vocês sabem sobre ele? Ele disse alguma coisa para vocês?

Melissa olhava com calma para os estranhos com quem falava, esperando que a resposta esclarecesse um pouco a situação - ou que, se tudo fosse um embuste, deixasse claro que eles estavam mentindo.

_________________
"Deixa lá dizer Pascal que o homem é um caniço pensante. Não; é uma errata pensante, isso sim. Cada estação da vida é uma edição que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes."
- Memórias Póstumas de Brás Cubas


Editado pela última vez por Fringway em 29 Set 2014, 14:24, num total de 1 vezes

Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 29 Set 2014, 14:16 
Alhoon
Offline

Data de registro:
15 Out 2002, 00:22

Mensagens:
2322
off - em tempo, Fring: o Velho Medula é uma fábula local de Vaggio. Uma espécie de bixo papão do folclore local. Isso, no mínimo, Melissa sabe.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 29 Set 2014, 14:23 
Dragão Cobre
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
16 Fev 2003, 15:23

Mensagens:
2651

Localização:
Belo Horizonte - MG
Off: ok, vou editar o texto aqui então para fazer sentido!

_________________
"Deixa lá dizer Pascal que o homem é um caniço pensante. Não; é uma errata pensante, isso sim. Cada estação da vida é uma edição que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes."
- Memórias Póstumas de Brás Cubas


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 29 Set 2014, 17:52 
Guerreiro Orc
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
25 Jul 2012, 18:51

Mensagens:
345

Localização:
Brasília/DF
"De verdade? acho que ele qué nossa ajuda pra curá essa praga do pântano..." o padre gira os olhos, vendo o absurdo que saia de sua boca.
"Entom-se... num credito dessa magia dos pantaneiros não ", algo no jeito do padre deixava claro que essa última frase dita não era absolutamente verdade, "... mas 'té eu sei que'xiste uma sabedoria nus costume antigo" e essa última frase trazia um peso de seriedade e sabedoria que o padre mais parecia outra pessoa ao dizê-la e, voltando a sua postura mais casual, completa "talvez ele pode sabê algo pra realmente 'judá."


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 30 Set 2014, 00:01 
Baalzebul, Lorde do Sétimo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
04 Dez 2002, 01:19

Mensagens:
5291

Localização:
S.Roque - SP
Sven adianta o corpo por sobre a mesa apoiando os braços e olhando para o que poderia ser um casal, ou não.

- "Pro padre ele falou em conseguir a cura para essa praga, que deve ajudar mais ele e os pantaneiros que andam com ele do que outras pessoas, para mim ele disse que saberia como me ajudar a chegar a uma presa que tem me dado dor de cabeça nas últimas semanas."

- "Agora, saber o que ele quer com vocês? Isso eu não sei, mas sei que esse velho é bem real e bem inconveniente. Talvez ele tenha algo a pedir para vocês e em troca lhes dará algo que querem."

Sven para por um instante e completa:

- "Mas só um jeito de saber, e é indo falar com o velho."

_________________
Imagem


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 30 Set 2014, 01:54 
Mefistófeles, Lorde do Oitavo
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
03 Fev 2003, 17:34

Mensagens:
5486

Localização:
Nova Prata - RS
Malgath parece dar-se por satisfeito com a explicação dos homens. Sentando novamente, ele fala para todos.

[Malgath] Poderemos encontrar problemas adiante. Há um grupo de pantaneiros nada amigáveis. Um deles nos deixou a carta que o pequeno já viu.

_________________
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

"A única maneira de não cometer nenhum erro é não fazer nada. Este, no entanto, é certamente um dos maiores erros que se poderia cometer em toda uma existência."

"Não são as más ervas que sufocam o grão. É a negligência do cultivador."

- Confúcio


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 30 Set 2014, 08:31 
Dragão Cobre
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
16 Fev 2003, 15:23

Mensagens:
2651

Localização:
Belo Horizonte - MG
Talvez esse velho tire o Malgath e eu dessa confusão em que nos metemos..., pensa Melissa consigo mesma.

- Ok. - diz a espiã - Vamos atrás desse sujeito, para ver o que ele tem a nos dizer!

_________________
"Deixa lá dizer Pascal que o homem é um caniço pensante. Não; é uma errata pensante, isso sim. Cada estação da vida é uma edição que corrige a anterior, e que será corrigida também, até a edição definitiva, que o editor dá de graça aos vermes."
- Memórias Póstumas de Brás Cubas


Voltar ao topo
 Perfil  
 
 Assunto do Tópico: Re: [Ato II] Periferia de Vaggio
MensagemEnviado: 30 Set 2014, 10:20 
Guerreiro Orc
Avatar de usuário
Offline

Data de registro:
25 Jul 2012, 18:51

Mensagens:
345

Localização:
Brasília/DF
O padre ri com falso desdenho: "pantaneiros e seu folclore", novamente, a frase trazia um tom que não bem pertencia ao zingari. Assumindo sua postura habitual (e mais casual), continua: "A gente lida com eles se eles aparecer... agora to com pressa de cabá com essa história toda... vamos então."
O padre engole as últimas garfadas e agradece a matrona, lhe dando uma benção antes de ir.


Voltar ao topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Organizar por  
Criar novo tópico Este tópico está trancado, você não pode editar mensagens ou enviar respostas.  [ 41 Mensagens ]  Ir para a página Anterior  1, 2, 3  Próximo

Todos os Horários estão como UTC - 3 horas [ DST ]


Quem está online

Usuários vendo este fórum: Nenhum usuário registrado online e 1 visitante


Você não pode criar novos tópicos neste fórum
Você não pode responder tópicos neste fórum
Você não pode editar suas mensagens neste fórum
Você não pode excluir suas mensagens neste fórum
Você não pode enviar anexos neste fórum

Procurar por:
Ir para:  
cron
Powered by phpBB © 2000, 2002, 2005, 2007 phpBB Group
Traduzido por phpBB Brasil