Página 1 de 1

King of Dragon Pass (e Six Ages)

Enviado: 14 Abr 2020, 14:37
por Silva
Fala galera. Tudo bem aí nessa quarentena? rs

Espero que todos estejam numa boa.

Então, acabei revisitando alguns jogos antigos que curtia muito, entre eles o King of Dragon Pass. Não sei se já tinhamos falado dele lá atrás, acho que não (tem uns 10 anos que não posto aqui :mrgreen: ). De qualquer forma, fica minha recomendção, em especial pra quem é apreciador de ciencias sociais, história, antropologia, etc. O jogo consiste em uma simulação de um clã num mundo de fantasia chamado Glorantha. O grande barato é que, mesmo sendo num mundo de fantasia, ele consegue refletir bem o modo de pensar de nossas culturas pré-modernas. Acho que seus criadores estudaram antropologia ou sociologia (o conceito religioso de Eterno Retorno, de Mircea Eliade, é particularmente acentuado nele) e fizeram um cenário baseado nisso. Não lembro de ter visto outro jogo eletrônico do tipo.

E o legal é que a continuação dele acabou de ser lançada no Steam. Chamada Six Ages, é uma prequela do original, se passando em uma era enterior. Joguei um pouco aqui e está lindo, a interface, graficos, etc. tudo aprimorado. Recomendo.

Alguem mais curte esses jogos por aqui?

Abraços,

Re: King of Dragon Pass (e Six Ages)

Enviado: 16 Mai 2020, 00:31
por Ráneforyon
Eu já ouvi falar um monte desse jogo, mas nunca joguei. Preciso pegar um dia.

Re: King of Dragon Pass (e Six Ages)

Enviado: 28 Jun 2020, 16:58
por Haddad
Silva escreveu:
14 Abr 2020, 14:37
Fala galera. Tudo bem aí nessa quarentena? rs

Espero que todos estejam numa boa.

Então, acabei revisitando alguns jogos antigos que curtia muito, entre eles o King of Dragon Pass. Não sei se já tinhamos falado dele lá atrás, acho que não (tem uns 10 anos que não posto aqui :mrgreen: ). De qualquer forma, fica minha recomendção, em especial pra quem é apreciador de ciencias sociais, história, antropologia, etc. O jogo consiste em uma simulação de um clã num mundo de fantasia chamado Glorantha. O grande barato é que, mesmo sendo num mundo de fantasia, ele consegue refletir bem o modo de pensar de nossas culturas pré-modernas. Acho que seus criadores estudaram antropologia ou sociologia (o conceito religioso de Eterno Retorno, de Mircea Eliade, é particularmente acentuado nele) e fizeram um cenário baseado nisso. Não lembro de ter visto outro jogo eletrônico do tipo.

E o legal é que a continuação dele acabou de ser lançada no Steam. Chamada Six Ages, é uma prequela do original, se passando em uma era enterior. Joguei um pouco aqui e está lindo, a interface, graficos, etc. tudo aprimorado. Recomendo.

Alguem mais curte esses jogos por aqui?

Abraços,
Grande Silva!

Você já falou bastante desse jogo aqui, num passado longínquo. Joguei influenciado por ti, grande jogo. Atualmente tem até para Android, então facilitou bastante o acesso.

Vou dar uma conferida nessa continuação ai.